Quarta, 01 de Outubro de 2014
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

image image image image
CADETE - Curso de Teologia da IBR Inscreva-se no curso teológico da Igreja Batista Redenção e torne-se mais fluente na teologia cristã e no uso das Escrituras.
Novo App da IBR para iOS e Android Novo App para smartphone e iPad que dá acesso a todo o conteúdo da Igreja Batista Redenção em texto, áudio e vídeo.
A Cabana Caiu Recentemente as igrejas evangélicas foram inundadas por exemplares do livro “A Cabana”. Será que é um bom livro para a igreja?
As Dúvidas de Sofia As dúvidas de Sofia é uma série em vídeo em que o Pr. Marcos Granconato responde perguntas que crianças fazem.  

Igreja Batista Redenção

Não Somos Obrigados a Ouvir

Pastoral

O rei James II da Inglaterra (1633-1701) decretou uma lei chamada Declaração de Indulgência, mais conhecida como Declaração pela Liberdade de Consciência, a qual devia ser lida em todas as igrejas do reino. O efeito dela, na prática, era dar plena liberdade aos católicos — James II era católico —, sem dar a mesma abertura aos protestantes, em especial na Escócia. Os pastores estavam muito relutantes em ler a tal declaração e, algumas congregações, pouco desejosas de ouvi-la. Em um domingo, quando chegou o momento da leitura do documento, o pastor disse à sua congregação: “Ainda que eu seja obrigado a ler este documento, vocês não são obrigados a ouvir”. Dito isso, o povo se levantou e saiu da igreja, deixando o clérigo lendo a lei para os bancos, para os genuflexórios e para as paredes.

Essa é uma parte da história dos nossos antepassados que deve estender suas raízes até os nossos dias. Isso porque muitos discursos e decretos têm se imposto em meio aos cristãos, às suas famílias e à igreja. E, mais que nunca, em nome da liberdade, nossa própria liberdade tem sido tolhida por todos os lados. Em meio a tantos ataques e discursos políticos, os cristãos têm se sentido perdidos diante da confusão dos nossos dias e se esquecido da sua própria identidade. A verdade é que quanto mais os cristãos buscam respeitar grupos diferentes de si, mais esses grupos buscam limitar a liberdade, a identidade e até a existência do cristianismo. Trata-se de um respeito unilateral. Quando isso acontece, temos de voltar aos fundamentos eternos da nossa fé e rejeitar definitivamente os discursos antiDeus que nos cercam. Temos de fechar definitivamente os nossos ouvidos para as mentiras seculares e parar de negociar nossa fé com o mundo.

Por isso, temos de dizer que não somos obrigados a ouvir os discursos imorais do mundo. Todos os tipos de mídia dos nossos dias se rendem a incutir um tipo de mentalidade na qual o sexo seja o centro, a motivação e o objetivo de tudo. As músicas são abertamente imorais. As roupas têm cortes e formatos feitos para exibir o corpo. Programas de televisão têm na indecência o seu roteiro principal. O resultado é que todas as faixas da sociedade estão cada vez mais imersas na imoralidade. E o pior é que nada mais ocorre de modo oculto. Ao contrário, a exibição pública de procedimentos vergonhosos se tornou uma grande honra para o mundo, a ponto de pessoas recatadas serem zombadas em vez de elogiadas. Os heróis da sociedade moderna são os fornicadores, os adúlteros e os pervertidos. Ao contrário de tudo isso, o cristão tem um guia para sua vida moral, que é “a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia como os gentios que não conhecem a Deus” (1Ts 4.3-5).

Não somos obrigados a ouvir a propaganda em prol do homossexualismo. O que começou como uma luta por garantia de direitos, acabou se transformando, nos últimos tempos, em ações de proselitismo e de inibição de qualquer outra opção ou estilo de vida. Prova disso são ações como a distribuição nas escolas de um guia informativo sobre sexo que incita o homossexualismo, sendo, por isso, chamado popularmente de “kit gay”. Além do mais, há tentativas de manipular a legislação do País de modo a impedir que o cristianismo mantenha e pregue o estilo de vida ensinado nas Escrituras, negando aos cristãos a liberdade e os direitos que os homossexuais buscam para si. Devemos nos lembrar de que Deus criou o casamento para ser integrado por um homem e uma mulher, ao dizer: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gn 2.24). Quanto ao homossexualismo, o cristão tem a avaliação do próprio Deus, que diz que “até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro” (Rm 1.26,27).

Não somos obrigados a ouvir os ataques da ciência à fé cristã. Desde os dias do iluminismo, o homem tem utilizado os avanços do conhecimento, não para glorificar a Deus pelo que ele fez, mas para lutar contra a própria fé em sua existência. O curioso é que, apesar de se chamar “ciência”, esse combate não é nada científico, visto não poder verificar nenhuma de suas teorias — os tais cientistas parecem nem se importar com isso. Além do mais, nessa tentativa se corrompe a essência do processo científico que é partir da experimentação para chegar às conclusões, pois os profetas do ateísmo partem da conclusão de que Deus não existe e depois passam à pesquisa com a única intenção de corroborar seu conceito prévio. Isso não é ciência, mas uma religião. É exatamente isso que o ateísmo é: uma religião. Mas Deus nos lembra de que ele “tornou louca a sabedoria do mundo” (1Co 1.20) e que somente um “insensato diz no seu coração que não há Deus” (Sl 14.1). A verdadeira ciência é saber, pela fé, que “Deus fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra” (At 17.24).

Não somos obrigados a ouvir as pretensões do pensamento pós-moderno e do universalismo. Cresce no mundo um discurso de que não existem verdades absolutas e que qualquer ideia ou gosto têm mérito e devem ser reconhecidos como válidos. Segundo tal raciocínio, a única forma de alguém cometer um erro é querer limitar a verdade a certas conclusões e realidades, rejeitando outras como falsas e erradas. A implicação religiosa disso é que também não existiria um único meio de servir ao Senhor, mas, ao contrário, todos os caminhos levariam a Deus. Até mesmo igrejas ditas cristãs têm adotado tal discurso, não para glorificar a Deus ou salvar os perdidos, mas para corresponder às expectativas do mundo e granjear aplausos de quem odeia o cristianismo e a mensagem da salvação em Cristo. Esse discurso “politicamente correto” tem negligenciado a maior necessidade dos incrédulos e desfigurado o principal pilar do cristianismo, que ensina que “quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus” (Jo 3.36).

O fato é que os cristãos têm perdido sua identidade e vivido sem rumos claros e definidos por causa da confusão ao seu redor e por não defenderem sua fé. Como servos de Deus, devemos, sim, ser respeitosos e, se “possível, quanto depender de nós, ter paz com todos os homens” (Rm 12.18). Mas nunca, nunca mesmo devemos negociar os pilares da nossa fé e prática de vida como cristãos. O mundo já mostrou que não está nem um pouco disposto a negociar conosco.

Pr. Thomas Tronco

 

 
Move
-

Notícias

Principal
Reunião Mensal dos Casais

No dia 20 de setembro, os casais da IBR São Paulo tiveram mais uma reunião mensal. Foi uma noite maravilhosa. O casal Eder e Mara Spigarollo preparou um cardápio especial entro os quais figurou batata recheada com um bolo “faça você mesmo” de sobremesa. Foi fantástico! Para nos trazer a meditação da noite, o Pr. Adarlei Martins esteve conosco e...

Leia Mais ...
16º Dia da Alegria

No dia 23 de agosto, a Igreja Batista Redenção teve seu 16º Dia da Alegria. Irmãos das 3 igrejas da IBR (São Paulo, Atibaia e Bragança Paulista) se reuniram em um sítio em Atibaia para recordar as inúmeras bênçãos que Deus nos deu depois de anos de lutas e tristezas no passado. Assim, cerca de 150 pessoas desfrutaram de um dia singular. Partilhamos...

Leia Mais ...
Casais na IBR São Paulo

Os casais da IBR São Paulo tiveram nesse sábado, dia 16 de agosto, sua quinta reunião do ano.
A noite começou com um jantar maravilhoso organizado pelos irmãos Marcio e Simone Ferreira. O cardápio foi brusquetas e caldos, com cupcakes de sobremesa.

Mas a sobremesa de verdade foi o edificante estudo trazido pelo Pr. Marcos Samuel, da IBR...

Leia Mais ...
Dia dos Pais

No sábado, dia 9 de agosto, as mulheres e jovens da Igreja Batista Redenção de São Paulo deram um belo presente para os pais, em comemoração ao seu dia. Um delicioso café colonial foi servido em meio a um ambiente tão gostoso quando a comida. Para completar a noite, o irmão Robson Alves trouxe um edificante estudo que desafiou cada homem presente...

Leia Mais ...
Sermões em Vídeo

Nosso site tem mais uma novidade. Agora temos uma pagina que contém os sermões pregados na Igreja Batista Redenção de São Paulo, mas em formato de vídeo. Aproveite essa nova ferramenta para divulgar a mensagem do evangelho encaminhando os vídeos para os seus contatos. Clique na figura abaixo e visite a página dos sermões em vídeo. ...

Leia Mais ...
Darash da IBR em Bragança

No último sábado, dia 02 de agosto, o Darash (grupo de jovens e adolescentes da IBR) teve um dia especial de comunhão e lazer. Estiveram reunidos os jovens de São Paulo, Atibaia e Bragança Paulista. Cerca de 60 pessoas participaram da programação. Foi um tempo abençoado na casa dos irmãos Marcelo e Maika Cardoso, na cidade de Bragança Paulista....

Leia Mais ...
Novo App da IBR para Android e iOS

Está disponível o novo App da Igreja Batista Redenção. A nova versão, além de mais agilidade, oferece muito mais serviços gratuitos: Com esse novo App você pode: Saber se a igreja está transmitindo um culto ao vivo, assisti-lo pelo smartphone ou, a partir do app, transferir a transmissão para a TV através do RokuTV, Apple TV ou Chrome Cast (Google).Ouvir...

Leia Mais ...
Transmissão de Cultos ao Vivo

Os cultos da Igreja Batista Redenção de São Paulo são transmitidos ao vivo todos os domingos, às 19h. As transmissões ocorrem somente nesse horário.
Para acessar a página de transmissão, basta entrar em nossa homepage,...

Leia Mais ...

Culto ao Vivo

Pastorais Recentes

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15

IBR SermonAudio

 
 

Próximos Eventos

Outubro
Veja todo Calendário

Reuniões

Domingos
09:30
11:00
19:00

 
Culto e EBD
Classe Novos Membros
Culto

Quartas
19:30

 
Culto de Oração

Sábados
10:00
19:00


Crianças
Jovens e Adolescentes

Endereço:

Av. General Ataliba Leonel, 3780
Parada Inglesa - São Paulo/SP
11-94997-4742

(Sede da Igreja Batista Redenção)

Pr. Marcos Granconato

Veja o mapa (clique aqui)

 

Domingos 
10:00
18:00
19:00


Culto e EBD
Novos Membros
Culto

Terças
19:30


Culto de Oração

Sábados
19h30


Reuniões Variadas

Endereço:

Rua Marco Vinicio Chiocchetti, 339
Alvinópolis - Atibaia/SP
11-98771-3322

Ev. Pedro Freitas

Veja o mapa (clique aqui)

 

Terças
20:00


Culto de Oração

Quartas
20:00

Estudo Bíblico

Domingos
10:00

11:00

19:00


EBD

Novos Membros

Culto

Endereço:

Av José Gomes da Rocha Leal, 1084
Centro - Bragança Paulista/SP
11-99954-7343

Pr. Marcos Samuel Santos

Veja o mapa (clique aqui)

 

Quartas
12:30
14:00


Terminal de Cargas
Capela Ecumênica

Endereço:

Aeroporto Internacional de São Paulo
Cumbica - Guarulhos/SP

Ev. Pedro Wazen de Freitas

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  

 

Endereço:

Morristown
Nova Jérsei - EUA

Ev. Leandro Boer

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Os Mindoins

Versículo do Dia

Visitantes Online

Nós temos 18 visitantes online

Estudos Bíblicos Durante a Semana

Todas as quartas-feiras no culto de oração na sede em São Paulo (19h30) e as terças-feiras na congregação de Atibaia (19h30), há o estudo do livro de Salmos. Na congregação de Bragança Paulista, às terças feiras (20h), estamos estudando a carta aos Colossenses. Participe!

IBR no Aeroporto

Todas as quartas-feiras, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, acontecem cultos regulares da nossa igreja, às 12h30 no terminal de cargas (TECA) e às 14h na capela do terminal de passageiros. Participe você também dessas reuniões no aeroporto!

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.