Sábado, 30 de Maio de 2020
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Download

Titulo:Os resultados do pecado (parte 2)
Referencia:Isaías 59
Notas:

Isaías 59 (Parte 2)

Mensagem Central: O PECADO GERA TERRÍVEIS PREJUÍZOS ESPIRITUAIS E EMOCIONAIS.

 

Três resultados do pecado

 

1. A separação de Deus (1-8)

 

...pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus. (Romanos 3.23)

Teus olhos são tão puros que não suportam ver o mal; não podes tolerar a maldade. (Habacuque 1.13)

Quando vocês estenderem as mãos em oração, esconderei de vocês os meus olhos; mesmo que multipliquem as suas orações, não as escutarei! As suas mãos estão cheias de sangue! (Isaías 1.15).

 

2. O abatimento interior (9-14)

 

“Não há paz alguma para os ímpios”, diz o Senhor. (Isaías 48.22)

 

3. A vingança divina (15-21)

 

Pois conhecemos aquele que disse: “A mim pertence a vingança; eu retribuirei”; e outra vez: “O Senhor julgará o seu povo”.Terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo! (Hebreus 10.30-31)

 

Aplicações

·         Desista de tentar manter comunhão com Deus e, ao mesmo tempo, viver no pecado. As duas coisas se excluem.

·         Avalie o tipo de coisa que você constrói nas pessoas com quem tem contato. Elas se tornam melhores ao terem comunhão com você ou acabam entrando em veredas tortas e comendo “ovos de cobra”?

·         Como você descreve a sua condição interior? Você se sente sem direção e sem auxílio divino, gemendo frustrado em meio a tentativas inúteis de avançar? Muitas vezes a causa disso é seu próprio pecado, do qual você nunca, de fato, se arrependeu. Pare, pois, de se queixar, peça perdão e abandone o erro. Talvez o Senhor ainda traga alívio.

·         Se você vive no pecado, lembre-se de que o Senhor é o vingador do mal. Portanto, arrependa-se e desfrute das bênçãos da aliança com Deus: a possessão permanente das suas palavras e a comunhão com seu Espírito.

 

DOWNLOAD



Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.