Segunda, 10 de Agosto de 2020
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Download

Titulo:A intensa admiração de um líder
Referencia:1Coríntios 1.10-17
Notas:

1Coríntios 1.10-17

Mensagem Central: A intensa admiração tributada a um líder específico é fonte de divisões na igreja.


Três Etapas presentes no texto.

 

1. O Pedido (10)

Busquem a unidade no modo de pensar.

 

2. O Problema (11-12)

A existência de partidos na igreja.

 

OBSERVAÇÕES

Esses líderes eram, todos eles, homens de Deus de verdade. Nenhum grupo da igreja de Corinto estava seguindo um falso mestre.

Esses líderes, diferentes de muitos hoje, não fomentavam as divisões, nem estimulavam o crescimento de seu “fã-clube” (2.1-4).

Esses líderes sequer pertenciam àquela igreja.

 

3. Os Perigos (13-17)

Essa conduta concede a determinados homens de Deus um lugar que só Cristo deve ocupar (13-16).

Essa conduta realça a sabedoria e as habilidades humanas de tal forma que reduz o poder da Cruz (17. Vide 2.1-4).

 

LIÇÕES IMPORTANTES

·         Geralmente quem fomenta algum tipo de divisão na igreja, o faz através de comparações entre um homem de Deus e outro. Isso mostra ignorância acerca do modo como Deus usa seus ministros (3.5-9)

·         Geralmente quem demonstra forte admiração por um homem de Deus, despreza outros que também são ministros da verdade. Esse desprezo é pecado.

·         Geralmente o admirador incondicional de um ministro de Deus atribui as vitórias dele à sua “sabedoria” pessoal e não ao poder da Cruz. Isso é uma forma de mundanismo
(1.21; 3.4).

·         Geralmente, o “fã-clube” de um homem de Deus admira seus conhecimentos, talentos e dons, mas raramente faz o que ele ensina.

·         Geralmente o admirador incondicional de um líder específico revela um enraizamento muito fraco no solo da verdade. Quando o “ídolo” se vai, a fé  e o zelo do admirador também desaparecem.

 

DOWNLOAD



Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.