Domingo, 20 de Outubro de 2019
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Demitização, Você Sabe o Que É?

Pastoral

O alemão Rudolf Bultmann (1884-1976) é conhecido como um dos mais influentes teólogos do século passado. O ponto de partida de sua teologia foi a filosofia existencialista de Martin Heidegger que via a capacidade de tomar decisões como a marca distintiva do ser humano.

A partir dessa visão, Bulttmann passou a ver com desconfiança qualquer modelo ético (inclusive o exposto no NT!) que dissesse ao homem como viver, tirando dele a possibilidade de decidir. Para ele, o homem salvo é o homem autêntico, que se reconhece como alguém que deve tomar decisões, abrindo-se para o futuro.

A preocupação principal de Bultmann ao elaborar seus ensinos era tornar a mensagem cristã relevante e compreensível para o homem moderno. Foi essa preocupação que também o levou a enunciar um princípio hermenêutico denominado demitização, segundo o qual a Bíblia deve ser interpretada levando-se em conta o conceito científico do mundo e não os padrões mitológicos do homem antigo.

Assim, Bultmann negava pontos centrais da fé cristã tais como a historicidade de Adão, o nascimento virginal, a ressurreição de Cristo, a vida eterna e a realidade do inferno. Para ele, essas doutrinas só tinham valor se fossem consideradas figuras de linguagem usadas para explicar lições gerais da fé aceitáveis para a mente científica do homem contemporâneo.

A visão de Rudolf Bultmann foi adotada por seminários e pastores do meio evangélico conservador e permanece viva ameaçando a autoridade da Bíblia e a essência da mensagem cristã. Alguns textos que servem para confrontá-la
são: Lucas 1.1-4; Atos 2.32; 3.15; 10.37-40; 2Coríntios 4.2; e 2Pedro 1.16-18.

Pr. Marcos Granconato
Soli Deo gloria

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.