Quinta, 06 de Agosto de 2020
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Indestrutível

Pastoral

A igreja de Cristo é um milagre. Durante dois mil anos o mundo assiste a queda de impérios, a quebra de grandes corporações, o colapso de ideologias e o fim de grandes movimentos reacionários. A igreja bíblica e verdadeira, porém, mesmo perseguida ferozmente ao longo dos séculos, mesmo pequena, sem exércitos, dinheiro ou influência política, permanece de pé. Ela é indestrutível. Na verdade, ninguém entende como esse grupo composto por tantas viúvas, órfãos, pobres e iletrados ainda não foi varrido da face da terra e continua se expandindo, influenciando a vida de gente do mundo inteiro.

Veja-se, por exemplo, a Igreja Batista Redenção, que tenho a honra de pastorear há quinze anos. Ela completa nesta semana 71 anos de existência. Foi fundada em 1941, justamente quando o mundo inteiro estava em crise por causa da Segunda Guerra Mundial. Prosseguiu em seu caminho sofrendo a forte discriminação de uma cultura rigidamente anti-protestante, num país que tinha o catolicismo como religião oficial. Passou por momentos difíceis sob uma economia que não conseguia se firmar sobre as próprias pernas e que levou muita gente de dinheiro para o buraco. Isso sem falar nas crises internas que enfrentou, lutando contra falsos irmãos que se infiltraram nela, mancharam seu nome, criaram divisões, promoveram falsas doutrinas, afugentaram o rebanho verdadeiro e atacaram seus pastores.

De fato, nos tempos mais difíceis em que os lobos reinavam absolutos parecia mesmo que a igreja ia desaparecer. Sem dinheiro, nosso prédio ficou abandonado e foi se deteriorando. Os crentes, tomados pelo desânimo, se fecharam em suas casas. Chegamos a realizar cultos com três pessoas (!). Os mais antigos dizem até que um dos nossos pastores morreu do coração por causa dos problemas que havia na igreja.  

No entanto, mesmo passando por tudo isso, a igreja permaneceu e hoje se expande mais do que nunca, atravessando fronteiras que nunca sonhamos. Qual é o nosso segredo? Diante do que passamos, qualquer outra associação teria desaparecido sem deixar qualquer vestígio! Como conseguimos? Bem, não há segredo nenhum. O que há é uma verdade teológica que o mundo não pode entender: a igreja é o povo redimido de Deus, contra quem as portas do inferno não podem prevalecer (Mt 16.18). Ela é o rebanho do supremo Pastor que a ama, nutre, guia e protege.

É verdade que em alguns momentos o Senhor parece quieto e distante dela, não agindo quando achamos necessário. Mas seus caminhos são sempre justos e sábios. No tempo certo ele intervém, enchendo os tímidos de coragem, transformando meninos chorões em temíveis guerreiros, dando vida a ossos secos, incendiando corações frios com o fogo da Palavra e vivificando seu povo com o sopro divino do Espírito Santo.

Assim, mesmo que a igreja se torne como um tronco seco, no tempo devido o Senhor faz chover sobre ela. E ela brota de novo com mais força ainda. Mesmo que desapareça de um lugar, dando a aparência de que se extinguiu dali para sempre, dentro de algum tempo ela sem dúvida reaparece, reunindo-se novamente no aconchego de alguma sala, enfileirando cadeiras numa pequena garagem ou cantando os Salmos no fundo de algum porão. É o poder de Deus que a nutre e a faz prosseguir. E cá entre nós, como é emocionante participar dessa grande aventura!

Pr. Marcos Granconato
Soli Deo gloria


Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.