Quinta, 01 de Dezembro de 2022
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Arrependido Mesmo!

Pastoral

Sendo pastor há mais de vinte anos, já vi muita gente flagrada em pecado se arrepender na mesma hora em que foi pego. É o tipo de arrependimento que vem pelo susto e não pela consciência do mal que foi praticado.

Sendo também ardente defensor da disciplina eclesiástica, na minha frente já apareceram muitas pessoas obstinadas no pecado dizendo que estavam arrependidas, movidas simplesmente pelo desejo de se evadirem dos incômodos de uma exclusão.

Esses casos sempre me deixaram preocupado. O que fazer diante deles? E mais: como saber quem se arrependeu mesmo? A resposta para a segunda pergunta eu descobri lendo uma das obras de João Calvino na qual ele explica o texto de 2Coríntios 7.10,11. Nesse texto Paulo alista as marcas do verdadeiro arrependimento que sobreveio aos crentes de Corinto.

Calvino explica cada item mais ou menos assim:

Cuidado: A pessoa arrependida torna-se diligente e atenta, preocupada em se desvencilhar dos laços do diabo.
Defesa: É a busca de proteção por meio da súplica que implora socorro e misericórdia.
Indignação: É o sentimento que o arrependido tem em relação a si mesmo, irando-se ao reconhecer sua perversão.
Temor: É a inquietação sentida pelo arrependido ao pensar no castigo que merece de Deus por ter feito o que fez.
Anelo: É o anseio por obedecer; a sede de fazer o que agrada a Deus novamente.
Zelo: É o empenho ardoroso em preservar doravante a prática da justiça na própria vida.
Vindita: É o mesmo que vingança. O arrependido tem sentimentos de vingança contra si mesmo e o desejo de destruir os efeitos do mal que praticou.   

Eis aí a descrição bíblica do verdadeiro arrependido. É com base nela que devemos medir nossa reação diante do mal que praticamos e é também com base nela que devemos agir em prol da pureza na igreja.

Pr. Marcos Granconato
Soli Deo gloria

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.