Terça, 20 de Agosto de 2019
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 21.2

  

Provérbios 21.2

“Todos os caminhos do homem lhe parecem justos, mas o Senhor pesa o coração” (Pv 21.2 NVI). 

Li sobre um pai norte-americano que apanhou muito de colegas de escola quando era pequeno. Por isso, desde que seu filho nasceu ele dedicou tempo para ensiná-lo a lutar e a reagir a eventuais agressões. Isso lhe parecia ser a coisa certa a fazer. Afinal, não queria que o menino fosse uma vítima de jovens briguentos. O problema é que a violência foi forjada no coração daquele rapazinho no lugar dos costumeiros valores positivos, morais e edificantes que os pais ensinam aos filhos nessa idade. Quando ele já era um adolescente, de fato foi agredido por um valentão local, ao qual o rapaz espancou severamente. Mesmo depois de fora de combate, o valentão continuou a apanhar do adolescente até ser morto. Segundo as leis daquele estado, o rapaz foi condenado a mais de 40 anos de prisão, tendo sua vida destruída, junto com a do seu pai e dos demais familiares.

Infelizmente, as boas intenções desse pai tiveram um efeito oposto ao que ele planejou. Em vez de proteger o filho, acabaram por destruir sua vida. Depois de tudo, aquele pai certamente passou a achar que uma surra que o menino levasse de algum amigo era bem melhor que passar a maior parte da sua vida na prisão. A boa, mas insensata intenção desse pai vai de encontro ao que Salomão se referiu ao dizer que “todos os caminhos do homem lhe parecem justos”. Cada um tem um modo de pensar e tal modo lhe parece o certo e superior às ideias alheias. Isso se deve, em parte, à arrogância das pessoas, unido à falta de sabedoria e ao desconhecimento da Palavra de Deus. Quando não se tem valores definidos por alguém superior, cada conceito pessoal passa a ser lei na vida daquela pessoa e ela não costuma dar ouvidos a conselhos e repreensões. Por isso, o primeiro passo para a sabedoria, nesse caso, é abandonar a ilusão de que se sabe tudo e que não há necessidade de aprender de Deus, nem de ser ensinado por outros.

A verdade é que, enquanto o homem mantém e defende seus conceitos pessoais, arrogando serem corretos, a Bíblia diz que “o Senhor pesa o coração” do homem. Significa que ele sabe tudo que passa no mais íntimo do nosso ser. Nenhuma intenção é boa só porque o discurso a respeito dela é convincente. Deus conhece as verdadeiras motivações e as consequências de cada ação e atitude. Seria muito bom se nós também as conhecêssemos. Mas como isso não acontece, temos imperativamente de dar ouvidos a quem sabe todas as coisas e que tem todo o conhecimento do universo. Precisamos aprender das Escrituras e obedecer ao Senhor, mantendo limpos os nossos corações e abandonando a lógica pessoal que vai contra a sua Palavra. Afinal, um desastre na vida não é uma boa compensação para a manutenção de uma posição que Deus sabe ser tão frágil quanto nossa sabedoria.

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.