Sexta, 22 de Novembro de 2019
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 19.8

  

Provérbios 19.8

“Quem obtém sabedoria ama-se a si mesmo; quem acalenta o entendimento prospera” (Pv 19.8 NVI). 

Thomas A. Edison disse certa vez: “Nós não sabemos parte de um milionésimo de um por cento sobre qualquer coisa. Nós não sabemos o que é a água. Não sabemos o que é a luz. Não sabemos o que é a eletricidade. Não sabemos o que é a gravidade. Não sabemos nada sobre o magnetismo. Temos um monte de hipóteses, mas isso é tudo”. É claro que, desde que Edson disse tais palavras, os homens aprenderam muito mais sobre cada um desses assuntos. Mas nenhum cientista sério acha que o conhecimento que tem nessas áreas é suficiente, nem as vê como áreas em que a ciência não possa se desenvolver mais. Infelizmente, quanto mais conhecimento o homem adquiriu ao longo dos séculos, menos bom senso ele guardou.

É sobre bom senso que esse texto fala. Salomão, versando sobre o assunto, diz que “quem obtém sabedoria ama-se a si mesmo”. A palavra traduzida aqui por “sabedoria” significa, literalmente, “coração”, razão pela qual deve ser compreendida como sendo algo mais que conhecimento, mas o modo correto de aplicar tal sabedoria. Por isso, o sentido de bom senso é o que predomina no provérbio. Assim, mais que acúmulo de informações, esse é um texto que trata de autocontrole produzido pelo ensino que se recebeu. Não é algo que o tolo inexperiente possa fazer, pois ele é guiado por seus impulsos e paixões. Ele não pensa em onde irão desembocar suas ações. Como se diz atualmente, ele faz o que “dá na telha”. Isso causa problemas e sofrimentos para ele e para as pessoas ao redor. Por isso, o escritor diz que o homem de bom senso ama a si mesmo.

Para completar a ideia, é dito que “quem acalenta o entendimento prospera”. É quase a mesma coisa, a não ser pelo fato de que a primeira parte trata de evitar prejuízos enquanto a segunda fala de obter vantagens pelo uso do entendimento. Quase todos os tipos de conhecimento permitem aos homens progredir na vida. Mas o conhecimento mais valorizado em Provérbios é o de Deus. Por isso, de nada adianta um homem estudar demais e ignorar o Senhor. Conhecer e crer no Deus soberano e no seu Filho Jesus Cristo é o que torna o homem realmente próspero. É certo que também não sabemos parte de um milionésimo de um por cento sobre Deus, mas o pouco que sabemos, por meio das Escrituras, pode nos servir de tutor na vida e nos fazer andar ao lado daquele que pode tanto enaltecer como derrubar qualquer um. Que tipo de vida você quer para si? E que futuro deseja alcançar?

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.