Sexta, 25 de Setembro de 2020
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Download

Titulo:A segurança do casal em sua vida sexual
Referencia:1Coríntios 7.1-7
Notas:

1Coríntios 7.1-7

 

Considerações Importantes

·         O leito matrimonial é assunto santo. Tanto que é tratado nas páginas da Sagrada Escritura. Daí o nosso dever de tratar dessa matéria com seriedade e respeito (Hb 13.4).

·         A vida íntima do casal não interessa a ninguém além dos cônjuges. Exceções só devem ocorrer em situações especialíssimas.

·         Conversas sobre a área sexual devem ser evitadas pelos jovens solteiros, pois não há nada que possam dizer nessa área que seja proveitoso ou útil para quem ouve. Mesmo os que acreditam entender algo sobre o assunto estão enganados, pois só se aprende, de fato, sobre sexo quando dele se desfruta num contexto permanente, íntegro e responsável.

·         A santidade do sexo deve nos impedir de fazer gracejos imorais (Ef 5.4), de despertar desejos sexuais nos outros e de praticar qualquer tipo de imoralidade (1Ts 4.3-8).

 

VERDADE CENTRAL: A vida sexual dentro do matrimônio é instrumento de proteção para o casal.

 

Essa verdade é deduzida a partir de três lições presentes no texto

 

1. A vida sexual no casamento evita a imoralidade dos cônjuges (1-2)

2. A vida sexual no casamento constitui-se num dever dos cônjuges (3-4)

3. A vida sexual no casamento só pode ser interrompida com o consentimento de ambos os cônjuges (5-6)

 

O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro;
pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.
(Hebreus 13.4)

 

DOWNLOAD



Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.