Domingo, 22 de Setembro de 2019
   
Tamanho do Texto

Pesquisar

Provérbios 21.24

  

Provérbios 21.24

“O vaidoso e arrogante chama-se zombador; ele age com extremo orgulho” (Pv 21.24 NVI). 

O astronauta russo Gherman Titov foi o segundo homem a ir ao espaço e entrar na órbita da Terra, depois do seu predecessor e compatriota Yuri Gagarin. Após seu retorno do espaço, ele disse o seguinte: “Algumas pessoas dizem que existe um Deus lá fora. Mas em minha viagem ao redor da Terra, durante todo o dia eu olhei em volta e não o vi. Eu não vi nenhum Deus, nem anjo algum. O foguete foi feito pelo nosso próprio povo. Eu não acredito em Deus. Eu acredito no homem, na sua força, nas suas possibilidades, na sua razão”. Inacreditável! Depois de dar voltas ao redor da Terra e ver sua grandeza e beleza, em vez de engrandecer o criador de tudo, a única coisa que esse homem conseguiu fazer foi zombar de Deus.

Esse exemplo de zombaria não vem do nada. Isso quer dizer que o “zombador” não tem esse traço isolado em seu caráter. Ele chega a esse ponto depois de desenvolver muito o fato de, em primeiro lugar, ser “vaidoso”, e, em segundo, “arrogante”. Homens assim olham para o espelho e veem algo de que gostam muito e se vangloriam. A imagem que nutrem de si é muito elevada, mantendo um tipo de convicção de autossuficiência. Portanto, sem se sentirem carentes ou dependentes de nada, essas pessoas se acham no direito de zombar de tudo e desprezar qualquer coisa que não sejam elas mesmas. Um homem assim, em vez de se colocar na sociedade de modo discreto e comedido, “age com extremo orgulho”, com ênfase para o termo “extremo” — essa ideia enfática é produzida por uma combinação de palavras hebraicas que têm a intenção de produzir um conceito forte.

Esse é um problema muito sério. Homens que tinham tudo para serem sábios, sérios e serenos desviam-se para um rumo radicalmente oposto. Porém, a arrogância com que olham tudo faz com que zombem de coisas importantes. Mas nada é tão grave quanto zombar de Deus e da sua Palavra, demonstrando uma incredulidade perversa. Muitas vezes, tais homens seguem por caminhos sem volta, ignorando o Senhor e fazendo dele motivo de piada e não de fé e adoração. Se você é uma dessas pessoas, ore a Deus pedindo que transforme seu coração, pois somente um milagre pode dar vida a um morto. Mas se você crê em Cristo como seu salvador, tome cuidado com os zombadores. Apesar de serem populares, carismáticos e envolventes, são perigosos por serem inimigos declarados da cruz de Cristo. O certo é que tudo isso um dia se fará claro a todos. Se uma viagem ao céu com um foguete não revelou Deus aos olhos do homem, os mesmos céus revelarão um dia a grande glória do Senhor.

Pr. Thomas Tronco

Este site é melhor visualizado em Mozilla Firefox, Google Chrome ou Opera.
© Copyright 2009, todos os direitos reservados.
Igreja Batista Redenção.